Mundos diferentes: Museu de Arte de São Paulo

Em apenas uma tarde, e num local na Avenida Paulista de São Paulo, pode-se deslocar por várias épocas e diversos estilos. As exibições atuais de MASP levam o público do romântico de Paris do século 19, até a tristeza de sertão nordestino, passando por uma paisagem urbana brasileira que esconde segredos nos seus cantos, à delicadeza sagrada de Madonnas italianas. Este museu não é gigantesco, nem tem um exterior elegante, mas estas coleções são muito especiais.

Na arte de París encontram-se muitos artistas típicos, como Manet, Monet, Degas, Picasso, etc. Entre estes, há 6 quadros de Amedeo Modigliani. Embora eu tenho visitado museus importantes em várias cidades: Filadélfia, New York, Madrid, Rio de Janeiro, Florencia, e mais, e a primeira vez que eu vejo tantas obras de Modigliani. Os quadros incluídos são: 1. Renee, 1917, Lunia Czechowska, c. 1918, Madame G. Van Maydan (1916/17), Chakoska, 1917, Retrato de Diego Rivera, 1916, Retrato de Leopold Zborowski 1916/19. O estilo de Modigliani é de corpos magros e longos e bidimensionais.

A exibição de arte religiosa é um colírio para os olhos por causa do estilo realista enfocada na beleza humana. Numa tentativa de exaltar a mãe de Jesus e representar um ser divino nele, esses artistas destacam o mais positivo e atraente em termos de cores e desenho.

As exposições de arte brasileira, ¨Cidades invisíveis΅ e ¨Retirantes e cenas bíblicas de Cândido Portinari’ realmente são espetaculares e merecem ser vistas. ¨Cidades invisíveis¨ é um grupo de fotografias em branco e negro e em cores que mostra diferentes aspectos de cidades como o Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre. Porém, não são as paisagens estereotípicas e pintorescas dos cartões postais. São imagens que refletem a beleza inesperada de um momento ou espaço comum e quotidiano.

Uma foto de Gaspar Gasparian de 1943 (sem título em branco e negro) me deu pele arrepiada. Tão sublime era sua visão de uma rua qualquer de São Paulo, visto debaixo de um tunel ou ponte que marcava a cena. O poste de iluminação e o carro ficavam capturados numa luz gloriosa do instante.

Gaspar-Gasparian

Os quadros de Portinari incluem três da coleção ‘Retirantes,’ e alguns de ‘Cenas bíblicas’. As ¨Cenas bíblicas’ ilustram eventos da Biblia e a influência de Picasso é muito evidente. Como seu ‘Guernica’, os quadros têm figuras grandes e não são figuras realistas. As imagens são monocromáticas e bidimensionais. Mas, como as obras de Picasso, estão cheias de emoção e paixão, comunicando suas ideias claramente ao espectador.

Minhas favoritas são as três imagens de ¨Retirantes.¨ Estas são feitas em cores e três dimensões. O grupo mostrado inclui: Retirantes, Criança morta e Enterro na rede. Estes quadros são violentos, tristes e fortes. Aliás são obras maestras de técnica e os sentimentos das suas figuras são palpáveis. Representam bem o sofrimento do povo nordestino que vaga pelo sertão em busca de agua e amparo. A influência dos muralistas mexicanos, Orozco e Siqueiros, é visível, e Portinari tem muito sucesso em comunicar esta realidade brasileira.

retirantes

Em fim, a joia deste museu fica na Avenida Paulista, a espera de você! Junto com seu restaurante, oferece um giro por vários mundos artisticos em apenas uma tarde!

Advertisements

2 thoughts on “Mundos diferentes: Museu de Arte de São Paulo

  1. Esta fotografia por Gaspar Gasparian foi feita na Avenida 9 de Julho em 1943. Ela fez parte das fotografias de São Paulo que conquistaram a medalha de ouro do Prêmio Anchieta dado pelo Prefeito Francisco Prestes Maia. Nela podemos notar que o automóvel foi adaptado para andar com gazogênio durante a guerra.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s